Skip to main content

3 destinos surpreendentes para seu intercâmbio


Já falamos aqui no blog que certos destinos conhecidos apenas como bons para turismo também podem ser excelentes destinos para intercâmbio. Las Vegas e Disney, por exemplo, já foram exploradas aqui como excelentes locais para você estudar ou trabalhar.

Hoje, trazemos mais 3 destinos surpreendentes para você considerar para seu intercâmbio.

Malta

Malta é um dos menores países da Europa e fica perto da Sicília, ao sul da Itália. É um arquipélago paradisíaco no meio do belíssimo Mar Mediterrâneo, com um acervo arquitetônico enorme e intensa cultura. A República de Malta pode agradar a todos os gostos, com seus esportes náuticos, arte e gastronomia.


Em Malta, você pode estudar inglês ou italiano e pode até trabalhar. Ou seja, Malta é um destino surpreendentemente ótimo para intercâmbio!

Apaixone-se por um dos melhores climas do mundo, com muito sol e pouca chuva na maior parte do ano. Aproveite suas belas praias e sua culinária especializada em iguarias do mar e massas – a proximidade com a Itália não é à toa 😉

Por ser um local relativamente pequeno, os tours a pé são comuns e super agradáveis. Também pode ser divertido fazer um passeio de bike ou até barco, aproveitando para conhecer suas praias.

Quer mais uma qualidade? Viajar para Malta não é nada burocrático: se seu intercâmbio durar menos de 90 dias, você nem precisa de visto para conhecer o arquipélago!

Índia

Já falamos dos programas de intercâmbio da AIESEC, certo? Pois é, dentre tantos países para onde a AIESEC possibilita que você viaje, está a Índia. Já pensou em participar de ações voluntárias, aprender novas línguas, participar de workshops na Índia?

Em um post sobre destinos surpreendentes para intercâmbio, a Índia não podia ficar de fora. Ela é um dos destinos mais exóticos do mundo e, para intercambistas, ela possibilita seu envolvimento em comunidades indianas, atuando em prol do desenvolvimento de crianças, jovens e adultos e participando de projetos ambientais, de cuidados com os animais e com o meio ambiente.

A cultura milenar indiana também já é motivo suficiente para escolher esse destino surpreendente para seu intercâmbio. Lá, você pode fazer safáris em camelos ou tigres e conhecer o famosíssimo Taj Mahal, que é uma das 7 maravilhas do mundo.

A chance de aprender e retribuir, dando algo de volta ao mundo, é sempre muito gratificante. Principalmente para jovens que ainda estão buscando seu lugar na sociedade. Poder ajudar a cuidar do meio ambiente e de outros seres vivos pode ajudar você a encontrar sua vocação – ou, no mínimo, voltar para casa entendendo a importância do trabalho voluntário.

Rússia

Mais um dos destinos de intercâmbio pela AIESEC é a Rússia. O blog da AIESEC entrevistou Vinícius Lopes, formado em Letras pela UFJF, que escolheu esse destino para seu intercâmbio. Segundo ele, a viagem para a Rússia permitiu que ele se tornasse um líder empreendedor e que, hoje, aplique os conhecimentos que ele adquiriu durante os três meses que passou por lá, em sua própria escola de idioma.

Ao blog da AIESEC, Vinícius conta: “Sempre quis conhecer a Rússia por dois de seus atrativos: arquitetura e história. Mas, após decidir fazer um intercâmbio pela AIESEC, houve um longo processo de procura por vagas para mim. Eram muitas possibilidades em diversos países, uma vez que eu era um dos poucos candidatos do programa Teaching to Learn disponíveis na época. Fui selecionado para estagiar durante três meses no Centro de Educação Intensiva B.IQ., na cidade de Ufa, capital da República do Bascortostão, nos Montes Urais, parte europeia da Federação Russa. Dar aula de inglês apresentando a cultura brasileira foi uma combinação muito atraente. Igualmente, a oferta de acomodação, alimentação e transporte, bem como um salário, além do carinho no trato por parte da UFA, me fizeram viajar confiante de que teria uma experiência muito positiva”.

Além das diferenças culturais, Vinícius precisou enfrentar a barreira linguística: na região onde ficou, havia dois idiomas oficiais e muitos ainda usavam o alemão como idioma preferido. Mas isso não o impediu de aprender o máximo que pôde – e ensinar também! -, voltando de seu intercâmbio cheio de boas lembranças, histórias para contar e mais a contribuir.

Não deixe que o aspecto “surpreendente” impeça você de conhecer lugares incríveis! Quem faz do seu intercâmbio uma experiência inesquecível é você – e quanto mais diferente for o seu destino e seu plano de viagem, mais incríveis seu currículo e sua bagagem cultural vão ficar quando você voltar.