Skip to main content

Intercâmbio: Albergue x Casa de família


Um dos aspectos mais importantes para o planejamento de seu intercâmbio é a sua acomodação. Dependendo do local onde você decidir ficar, seus custos podem ser maiores. Mas a acomodação não influencia apenas nos custos, mas também no aspecto emocional e na segurança – sua e dos seus bens.

Hoje, vamos falar sobre a diferença entre ficar em um albergue durante um intercâmbio ou optar por se hospedar com uma família estrangeira em sua casa.

Albergue

Ficar em albergue pode ser interessante: é garantido o encontro com outros jovens viajantes, profissionais e estudantes, que podem agregar à sua viagem trocando experiências com você. Por outro lado, sua privacidade pode ficar diminuída, porque em albergues é muito comum ter que dividir o quarto com diversas pessoas.


E sabemos que esses filmes de terror exageram sobre a acomodação em albergues – mas a segurança de seus pertences acaba sendo inferior, já que você divide seus quarto com pessoas entranhas e albergues nem sempre oferecem amenidades como cofres (coisas de hotel apenas, infelizmente!).

Muitos intercambistas preferem ficar em albergues para aumentar ainda mais a sensação de novidade: estar em um local diferente, cercado por pessoas estranhas pode levar sua aventura para outro nível. E a chance de transformar todos esses estranhos em colegas de quarto pode ser muito divertida!

Muitas dessas novas amizades vão trazer frutos para você no futuro – muitos desses jovens, você poderá receber em sua casa aqui no Brasil. Além disso, conhecer pessoas da sua idade, área de conhecimento e mercado de trabalho pode ajudar no seu processo de networking: pode render contatos super úteis para seus estudos e sua carreira.

Se você deseja garantir sua privacidade, um quarto só para você e a segurança sua e de seus pertences, pode não ser a primeira opção ficar em um albergue. Agora, se sua prioridade é estar cercado de jovens como você, aproveitando a oportunidade de fazer amizade com pessoas que estão vivendo a mesma experiência, um albergue pode ser uma ótima alternativa!

Casa de Família

A acomodação em casa de família é muito agradável para quem está viajando pela primeira vez. Pode ser assustador chegar no exterior, em um albergue lotado de pessoas correndo de um lado pro outro e ainda correr o risco de passar por uma experiência como ter alguma coisa roubada de sua mochila.

A casa de família, além de passar um maior senso de segurança e privacidade, também proporciona mais calma e estrutura para que você possa descansar depois do trabalho ou, se for o caso de você estar estudando, fazer deveres de casa ou se preparar para provas.

Além disso, a estrutura familiar de seus anfitriões também vão diminuir seu estranhamento. Você vai estar longe de sua família, de seus amigos e de seu país. Estar em um local que se assemelhe ao que você vive em casa pode ajudar você a manter a calma e concentração de que você precisa para aproveitar ao máximo a sua viagem.

Muitos intercambistas desenvolvem laços reais com suas famílias anfitriãs. Alguns até encontram, em casas de família, “mães, pais e irmãos postiços” que poderão receber no futuro aqui no Brasil – isso é muito comum. Então, coloque isso na balança também, na hora de escolher a melhor acomodação para você.

Outra segurança que a casa de família agrega é que são moradores locais. Sua família anfitriã poderá orientar você com relação aos melhores restaurantes, lojas e baladas da cidade, permitindo que você aproveite sua viagem sem surpresas.

E aí, escolheu o quê? Conte pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *