Skip to main content

3 formas de absorver a cultura local


Seu intercâmbio já está planejado? Ótimo! Agora, está na hora de preparar as malas e pensar no que você pode fazer quando chegar lá para tornar sua experiência ainda mais proveitosa. Uma das coisas que você não pode deixar de fazer é absorver ao máximo a cultura local.

Quando falamos em cultura local, não estamos falando apenas na História e nos pontos turísticos da cidade e do país que você vai conhecer, mas também dos hábitos e gostos do povo do qual você vai fazer parte durante esse período de tempo. Portanto, leia as nossas dicas a seguir e saiba como absorver ao máximo a cultura local durante seu intercâmbio:

Lugares a visitar: escolhendo os melhores pontos turísticos e eventos

Se há alguém que poderá dizer a você quais pontos turísticos valem  mais a pena conhecer, são outros intercambistas como você. No entanto, peça sugestões a alguém que já esteja nesse local há algum tempo e já tenha visitado alguns pontos turísticos antes de você. Assim, você terá orientações de quem já foi em determinados lugares e saberá apontar os prós e contras de cada ponto turístico.


Outra pessoa que poderá orientar você sobre os melhores lugares a visitar é um próprio morador local. As pessoas locais sabem quais pontos são mais históricos, quais são mais divertidos e quais têm a melhor vista da cidade. Por exemplo: se você não é fã de História, não saia visitando museus sem antes perguntar por aí quais museus têm mais a acrescentar. Dê preferência a exposições, em vez de museus.

Outra tática interessante para agregar valor ao seu intercâmbio é priorizar eventos itinerantes, como shows, exposições e atrações sazonais. Assim, você poderá voltar para casa com histórias que só você terá para contar. Isso dá um gostinho diferente às suas lembranças, pelo fato de ter vivido experiências mais únicas do que outros intercambistas.

Lazer da galera

Você pode estar fazendo seu intercâmbio com a finalidade de estudar – e isso é ótimo. Mas não se esqueça de estudar, também, o povo do local que você irá visitar. Isso significa aproveitar a experiência para fazer amigos e conhecer a vida noturna da cidade.

Aproveite para conhecer o cardápio típico e (se você for maior de idade!) as bebidas preferidas da galera local. O mesmo vale para as músicas e danças mais comuns da cidade: experimente conhecer alguns bares, boates e até shows com seus amigos ou companheiros de viagem.

Experimentar o lazer local (sem exageros!) ajudará você a relaxar para retomar seus estudos no dia seguinte, além de facilitar fazer novos amigos. Lembrando que os momentos de diversão são os que rendem as melhores fotos e histórias para trazer para casa. 😉

Falando sério: o mercado de trabalho

Agora, que já falamos de descanso e lazer, vamos falar do que realmente importa: seus estudos e sua carreira. Se você está fazendo esse intercâmbio, é porque pretende ganhar algo com isso. Geralmente, é o aprendizado de um novo idioma ou um intercâmbio que permita aprender habilidades técnicas que ajudarão você em sua carreira quando você voltar.

Por isso, aproveite essa oportunidade para analisar o mercado de trabalho do local que você irá visitar: se você está estudando para melhorar seu currículo, aproveite para encaixar em sua agenda alguma exposição de trabalho ou evento de networking que possa estar rolando na cidade.

Isso dá a você a oportunidade de conhecer contatos e criar relações que podem ajudá-lo em sua carreira quando você voltar para o Brasil – ou, futuramente, se quiser voltar ao exterior para buscar trabalho.

Nesse artigo, cobrimos três partes do que acreditamos ser o conceito de cultura local: os pontos turísticos, o lazer local e o lado profissional da cidade que você irá visitar. O que você acrescentaria a essa lista?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *